Notícias

Sustentabilidade é o tema mais importante do século 21

Sustentabilidade é o tema mais importante do século 21

Ao abrir o Congresso Internacional de Sustentabilidade para os Pequenos Negócios - Ciclos na última quinta-feira (2), no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá, o presidente do Sebrae Nacional, Luiz Barretto, destacou a importância do tema sustentabilidade na agenda dos pequenos negócios.

"É o tema mais importante do século 21 e as mais de 10 milhões de micro e pequenas empresas brasileiras, que respondem por 27% do Produto Interno Bruto (PIB) e garantem mais de 52% das vagas de empregos formais, não podem ficar de fora dessa agenda, sob pena de o Brasil não ser competitivo", disse.

Luiz Barreto destacou ainda a importância de dialogar com esse novo mercado, considerando os aspectos social, ambiental e econômico.

Segundo Barretto, é possível inovar a partir da sustentabilidade e o Centro Sebrae de Sustentabilidade tem vários casos de sucesso de empresas com práticas e negócios sustentáveis.

O presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae em Mato Grosso, Hermes Martins da Cunha, lembrou que nesse momento de ajustes da economia, o Congresso apresenta a sustentabilidade como indutora da competitividade nos negócios. "Globalização e sustentabilidade são os dois conceitos essenciais da equação que está ditando o futuro da economia mundial, da humanidade e do planeta". De acordo com ele, os negócios devem evoluir para incluir e criar oportunidades de desenvolvimento sustentável e bem-estar para todos. "Indicadores de sustentabilidade estão se tornando pré-condição para os negócios no mundo inteiro", ressaltou.

Ele citou a encíclica papal dedicada ao meio ambiente, lançada pelo Papa Francisco no último dia 18, que defende o fim da "cultura do consumo descartável" dos países desenvolvidos, com o objetivo de interromper a degradação ambiental, as desigualdades sociais e o aquecimento global.

Organizado pelo Sebrae, o congresso Ciclos contou com patrocínio do Banco da Amazônia e governo federal.

Fonte: Portugal Digital

Romae