Notícias

Novo padrão Wi-Fi permitirá conectar gadgets sem precisar de internet

Novo padrão Wi-Fi permitirá conectar gadgets sem precisar de internet

A Wi-Fi Alliance, uma organização que define padrões para o Wi-Fi no mundo todo, certificou nesta semana um novo padrão de conexão chamado Wi-Fi Aware. Por meio dele, será possível que dois ou mais aparelhos se conectem mesmo que eles não tenham acesso à internet, desde que estejam próximos. O sistema funciona de forma semelhante ao Bluetooth, mas com mais recursos.

Com o Wi-Fi Aware, será possível receber notificações sobre promoções ao passar por uma loja ou se comunicar com amigos em um show lotado, situação em que a conexão com a rede celular pode falhar. Outra aplicação mais pessoal para essa nova conexão sem fio é que, se você estiver perto de algum amigo, aplicativos como o Facebook poderão enviar um alerta e sugerir que você envie uma mensagem a ele. Mas, quando o Wi-Fi estiver ativo, você poderá controlar a sua privacidade – algo que ainda não podemos fazer com o Bluetooth.

Se hoje deixar o Wi-Fi do seu smartphone sempre ativo gasta uma boa parcela da bateria durante o dia, isso não será um problema no seu gadget com Wi-Fi Aware. O novo padrão de conectividade consome menos energia do que o Wi-Fi tradicional, garante a Wi-Fi Alliance. Outra vantagem desse padrão sobre o Bluetooth é que o alcance é maior.

Até o final de 2015, já devemos ver os primeiros dispositivos com Wi-Fi Aware chegarem ao mercado mundial de eletrônicos. Alguns processadores com a nova conexão wireless já foram certificados, como o Broadcom BCM4358, o Intel Dual Band Wireless-AC 7269, o Realtek RTL8812AE 2×2 a/b/g/n/ac MiniCard e o Marvell e o Avastar 88W8897 802.11ac low power Wi-Fi combo chip.

O vídeo a seguir, em inglês, explica de maneira visual o Wi-Fi Aware e demonstra sua importância para a tendência chamada Internet das Coisas, que consiste em conectar diversos objetos à web.



A Wi-Fi Alliance é uma organização sem fins lucrativos que conta com a participação de Apple, Microsoft, Intel, bem como de outras empresas de tecnologia.

Fonte: Info Abril

Romae