Notícias

Canadense com autismo bate três recordes mundiais no Special Olympics World Games

Canadense com autismo bate três recordes mundiais no Special Olympics World Games

O Special Olympics World Games-2015, disputado em Los Angeles, teve sua cerimônia de encerramento realizada neste domingo, um dia depois de deixar como presente mais uma bela história de superação. O canadense Jackie Barret não fez do autismo um obstáculo e quebrou três recordes mundiais no sábado, conquistando a 13ª medalha de sua carreira no levantamento de peso.

No agachamento, bateu sua própria marca por 10 kg, com 277.5 kg. No peso livre, superou o recorde que persistia desde 1999, com 297.5 kg - antes, era de 2.5 kg. A terceira marca que registrou foi no combinado total dos exercícios que disputou, com 697.5 kg.

Torcedores lotaram o ginásio para acompanhar a disputa e entoaram gritos de apoio ao atleta. Alguns gritavam "Moose! Moose!" outros apenas "Jack-ie! Jack-ie!". Momentos depois de terminar a competição, o canadense deu um abraço carinhoso em seu pai, Robert, em meio à multidão. "Minha mãe estaria muito orgulhosa de mim hoje", lamentou. "Ela está", completou seu pai.

A mãe de Jackie morreu de câncer de pulmão no ano passado. "Ela era força de Jackie, sua maior fã, seu tudo", disse Robert, que recebeu uma permissão especial para levar parte das cinzas da esposa falecida numa pequena caixa, uma forma de deixa-la mais perto de seu filho durante o Special Olympics World Games.

Quando era adolescente, Jackie era magro e seu esporte era outro, a natação. No colégio, começou a jogar futebol, mesmo sendo autista, o que deixava seus pais com medo de que ele pudesse se machucar, já que era bem menor do que seus colegas. Além disso, começou a praticar levantamento de peso para ganhar massa muscular.

"A quantidade de peso que ele levanta é incrível. Mas o que o torna diferente de todos é ser único. Todo esporte tem seu Michael Jordans. Eles sempre estão um passo à frente. E Jackie é assim. Ninguém precisa pedir que ele se levante da cama e vá treinar. Ele chega antes mesmo de a academia abrir", contou seu treinador, Roos MacIntosh.

Fora do esporte, Barrett também construiu uma bela carreira. Ele se formou em Ciência da Computação pela St. Mary's Univesity e trabalha de casa como webmaster para uma escola privada. O canadense vitorioso planeja se tornar técnico de levantamento de peso no futuro, quando parar de competir.

O Special Olympics Games-2015, em português algo como Jogos Mundiais Olímpicos para Pessoas Especiais, reuniu 6.500 atletas de 165 países. A próxima edição da competição será realizada na Áustria, de 14 a 25 de março de 2017.

Fonte: ESPN

Romae