Notícias

Arquitetura contribui para o bem-estar

Arquitetura contribui para o bem-estar

Segundo Organização Mundial de Saúde, 40% dos brasileiros sofrem de insônia e essa ausência de uma boa noite de sono pode influenciar no cotidiano das pessoas, afetando a sua saúde e humor. O sono é fundamental para a restauração e conservação da energia e para o processamento de informações relevantes ao ser humano. A insônia pode desencadear mau funcionamento do cérebro, como déficit em memorização, aprendizagem e raciocínio.

A psicóloga Sônia Eustáquia enfatiza a importância do sono na vida das pessoas: “A boa qualidade do sono propicia ao indivíduo a melhora de sua qualidade de vida no geral. O sono promove o funcionamento adequado do sistema nervoso, através de conexões neurais que elevam a capacidade das funções cognitivas, entre elas a atenção, a memória e as funções executivas”, explica Sônia, ressaltando também a importância do local onde a pessoa vai dormir. “Para ter uma boa noite de sono é necessário que o ambiente também seja adequado. O arquiteto e/ou decorador que planejar o ambiente precisam ter cuidado, principalmente, para que não entre ruídos e luz durante a noite, porque esses fatores externos alteram toda a estrutura do sono”, avalia.

De acordo com a arquiteta Ivana Seabra, o uso de cores e texturas com um toque aconchegante e menos vibrantes influenciam na hora do sono e sugere algumas dicas para o ambiente. “O quarto dever ter uma boa acústica e um excelente conforto térmico. A iluminação é um fator importantíssimo para iniciar o processo de repouso. Sugiro criar, pelo menos, três pontos de iluminação: a primeira, uma iluminação mais geral; a segunda, uma iluminação pontual com foco em um elemento de decoração ou destaque e a terceira, uma iluminação próxima ao criado, que servirá de apoio para uma leitura breve ou com iluminação de penumbra antes de deitar. É importante usas lâmpadas com tonalidade amarela”, explica.

Orientação
Janelas devem ser posicionadas em local adequado
Para o arquiteto Eduardo Henrique Brandão, do escritório Situar Projetos, é muito importante o projeto do ambiente ter sido bem estudado em relação a orientação solar e ventos, por exemplo, pois podem comprometer a saúde de quem for dormir naquele quarto. “Quando não se pensa nesses recursos, um ambiente pode ter uma quantidade de calor exagerada ou até mesmo a falta de calor. Muitas vezes esses problemas podem afetar a saúde humana, tornando o ambiente desagradável e desconfortável”, explica. Segundo ele, é importante também prestar a atenção no posicionamento dos móveis para que a cama não ocupe setores do ambiente que possam ser prejudicados por motivos naturais, como sol, umidade e vento.

Romae