Notícias

Aplicativo ajuda crianças com autismo a se comunicar com a família

Aplicativo ajuda crianças com autismo a se comunicar com a família

As pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA), uma síndrome neurobiológica de origem genética que afeta a capacidade de comunicação e não tem cura, parecem viver em um mundo à parte. Pessoas com autismo enxergam o mundo de outro ponto de vista e muitas vezes se sentem frustrados quando não conseguem se comunicar de maneira efetiva, o que pode desencadear crises de estresse. Por isso, a startup norueguesa Superplus lançou na semana passada o aplicativo SuperSpeak, que permite que as crianças se comuniquem com pais, amigos e professores através do celular.

O aplicativo oferece uma interface interativa na qual pais e filhos podem criar um vocabulário adaptado para a criança com TEA. Basta clicar em imagens para construir frases. Se ela quiser andar de bicicleta, por exemplo, é só tirar uma foto da sua bicicleta e clicar nela para mostrar seu desejo ao responsável. Os pais podem acessar o aplicativo de seus telefones para conversar com eles diretamente por ali. O professor também pode ter acesso à rede, para saber se a criança aprendeu alguma palavra nova.

O app foi desenvolvido por um grupo de especialistas que conta com pesquisador clínico de TEA que tem uma filha com o transtorno, um engenheiro de software, uma professora de crianças com necessidades especiais e um desenvolvedor de jogos online. Aliás, a Superplus recentemente ganhou o Prêmio Nórdico de Startups de melhor empresa social.

O objetivo do Superspeak é evitar crises de estresse em crianças com TEA e diminuir o sofrimento dos pais. Um estudo publicado no Periódico de Autismo e Transtornos de Desenvolvimento apontou que as mães de crianças e adolescentes com autismo sofrem um nível tão crônico de estresse que é comparável ao de soldados em combate.

Fonte: Revista Galileu

Romae