Notícias

5 serviços para compartilhar arquivos de maneira inteligente

5 serviços para compartilhar arquivos de maneira inteligente

Não há como negar que a conexão com a internet evoluiu bastante nos últimos 10 anos. À medida que a velocidade cresceu, também aumentou o volume de dados trafegados seja em conexões cliente-servidor ou peer-to-peer. Mas mesmo com esse crescimento exponencial, temos que admitir que pouquíssima coisa mudou na hora de compartilhar um arquivo com um amigo ou familiar.

É bem verdade que hoje é, sim, bem mais fácil compartilhar o que você quiser principalmente através do e-mail, mas a coisa muda completamente de figura quando passamos a falar de arquivos gigantescos. Nesses casos, quem sabe se virar consegue dividir o arquivo em várias partes antes de despachá-lo para o contato - mas, convenhamos, não é todo mundo que sabe fazer isso.

E é aí que surgem serviços de compartilhamento de arquivos como o Mediafire, Rapidgator e afins, que permitem que qualquer um faça upload do que quiser para lá e depois distribua o link para download. Todavia, não raramente esses serviços logo apagam o conteúdo, que na maioria das vezes infringe direitos autorais, a fim de evitar problemas legais com organizações como MPAA ou RIAA. Muitos podem apontar o Dropbox como a solução definitiva, mas convenhamos que para que ele funcione apropriadamente as duas partes precisam tê-lo instalado e configurar a coisa toda não é algo que todo mundo sabe fazer.

Dito isso, há de se concordar que ainda há muito a ser melhorado nos serviços de compartilhamento de arquivos como um todo. Tanto é que inúmeras opções continuam surgindo dia sim, dia não, e nós vamos conferir os mais promissores e úteis da atualidade.

1. File.io

O Snapchat inaugurou a moda de mensagens e arquivos efêmeros, que se autodestroem após um determinado período de tempo. Essa filosofia já se espalhou para outras vertentes e chegou inclusive a serviços de compartilhamento de arquivos como o File.io.

Aqui, tudo funciona de maneira bastante simples. Basta acessar o site, subir o arquivo, copiar o link e informá-lo para seu amigo. Assim que ele finalizar o download do arquivo, o File.io se encarregará de exclui-lo em definitivo, não deixando sequer um log ou qualquer pista do que era o arquivo.

A ideia é excelente para aqueles que querem compartilhar um arquivo com uma única pessoa e não querem ter que se preocupar em apagá-lo manualmente para evitar algum problema. Além disso, o serviço é bem generoso e oferece 50 GB de espaço de armazenamento.

2. Balloon.io

O grande diferencial do Balloon é que qualquer pessoa pode compartilhar um arquivo diretamente para a sua conta do Dropbox. Portanto, a vantagem aqui é que aquele seu amigo que não usa o Dropbox pode, sim, enviar algo diretamente para uma pasta pré-definida da sua conta no serviço de armazenamento na nuvem - algo que não é suportado nativamente pelo Dropbox.

Para fazer com que tudo funcione, primeiro você deve ir até o site do Balloon e criar uma URL atrelada a uma pasta do seu Dropbox. Depois disso, basta compartilhar essa URL com seu amigo para que ele faça o upload dos arquivos e eles caiam direto na pasta.

E sim, o processo é simples desse jeito e nenhuma das partes encontrará nenhuma dificuldade adicional. Fácil, não é mesmo?

3. Quack.Space

Talvez este seja o serviço com a proposta mais diferente de todos, pois ele compartilha arquivos com pessoas próximas a sua localização atual. Sim, é isso mesmo. Ao subir um arquivo no Quack.Space, ele utilizará sistemas de geolocalização para definir o seu local atual e disponibilizar o ficheiro com pessoas que estejam próxima dali.

Apesar da ideia não parecer atender a usuários domésticos, ela faz total sentido em ambientes acadêmicos e corporativos. Se for esse o seu caso, fica bem fácil compartilhar aquela apresentação do PowerPoint com sua turma da faculdade ou ainda vídeos de gatos com os companheiros de labuta. Só não se esqueça de avisá-los para acessar o site para terem acesso a lista de arquivos.

4. JumpShare

Com aplicativos para Windows, OS X e muito em breve para dispositivos móveis, o JumpShare se destaca por facilitar o compartilhamento de arquivos e, sobretudo, capturas de tela. Em ambas as plataformas de mesa, todo o processo é bastante simples e basta arrastar um arquivo da área de trabalho para o ícone do app que fica na bandeja do sistema e ele logo será compartilhado.

O mais interessante de tudo é que o app se integra completamente ao sistema operacional, fazendo, inclusive, o upload automático de todas as capturas de tela que você fizer enquanto trabalha. Inicialmente, apenas 2 GB são oferecidos gratuitamente para o usuário, mas há uma opção de assinatura que aumenta essa capacidade e abre novos recursos no serviço.

O funcionamento em dispositivos móveis deve se dar de maneira semelhante, embora nenhum detalhe adicional além de que os apps estão chegando tenha sido divulgado.

5. Google Tone

Se todo mundo na sua casa vive conectado, pode ser que você já tenha passado pela seguinte situação: navegando na internet, você encontrou algo interessante é quis compartilhar com seu parceiro ou filhos. Para isso, decidiu fazê-lo através do e-mail ou mensageiro instantâneo. O problema é que nenhum desses serviços são os mais rápidos do mundo e não raramente você ficará gritando pela casa "e aí, chegou o que eu te mandei?".

E foi para resolver isso de uma vez por todas que o Google criou o Tone, uma extensão que utiliza o microfone e os alto-falantes dos notebooks para compartilhar qualquer coisa com as pessoas da sua casa. Basta instalar e ativar a Tone no Chrome para que todas as pessoas conectadas na sua rede sejam levadas sem complicações para aquela página com aquele vídeo engraçado de alguém se esborrachando no chão.

É bem verdade que ainda não existe um serviço de compartilhamento de arquivos perfeito, mas é interessante perceber que cada um dos citados acima atendem a uma necessidade específica. Se você busca agilidade, então o JumpShare e o Quack.Space são ideais para o seu caso. Sua necessidade é compartilhar algo com uma única pessoa por um breve período de tempo? Então tente o File.io. Ou, ainda, se você não dispensa o Dropbox por nada e quer que seus amigos enviem arquivos diretamente para sua conta, o Balloon.io é a melhor alternativa.

Independente disso, sempre há aquele preferido, não é mesmo? Se você tem um, diz para gente qual é e o porquê na caixa de comentários logo aqui embaixo.

Fonte: Canaltech

Romae